Tag Archives: ciência

Fritz Kahn e o Corpo Humano

Estamos acostumados a considerar nosso corpo como uma máquina que realiza diversos trabalhos mecânicos para suprir nossas necessidades. Essa idéia de que o ser humano é uma máquina foi concebida pela primeira vez, ou ilustrada pelo alemão Fritz Kahn em 1926. 

Fritz Kahn foi o criador de Der Mensch als Industriepalast (Homem como um palácio industrial), que é um cartaz do corpo humano retratando as funções complexas realizadas nele, como a respiração, a circulação, a digestão; todas elas como parte de um processo geral. Ele compartimentou o Corpo humano criando diferentes cômodos onde os trabalhadores realizam suas obras cuidadosamente. Bem legal né? Mas espera aí que vai ficar melhor! Esses dias eu descobri que um estudante alemão, Henning Lenderer, fez uma animação bem detalhada do cartaz de Kahn. Esse vídeo eu coloquei aqui no post e você poderá ver como funciona os diferentes ciclo dessa máquina que é o corpo humano. 
Se você não se contentar somente com o vídeo, você pode fazer o download do projeto e entender melhor como ele foi feito.

Entropia

O que faz o passado ser diferente do futuro? Apenas a entropia. Esse vídeo explora a diferença entre o passado e o futuro. Você pode ver outros assuntos nesse canal do You Tube: Minute Physics, que explica a física com vídeos animados bem legais.

Quantos pixels estamos distante de Marte?

Se a Terra tivesse 100 pixels de largura, a lua teria 3.000 pixels de distância. Marte, sendo o mais próximo planeta, teria 428.000 pixels de distância.

No atual nível de tecnologia espacial, leva-se cerca de 150 dias para chegar em Marte.
O site Distance to Mars, criado por David Paliwoda e Jesse Williams, mostra esse jeito diferente de medir a distância da Terra até Marte.
 
E se você gosta de olhar as coisas de um jeito diferente, acho que você também vai gostar de conhecer o trabalho de Kapil Bhagat.

Kapil Bhagat e os cientistas famosos

Kapil Bhagat é um designer gráfico que apresenta de forma criativa os nomes de alguns dos cientistas mais famosos do mundo. Suas criações tipográficas fazem brincadeira sugerindo a descoberta de cada cientista. Da teoria da evolução de Darwin para o lei de alavanca de Arquimedes e o teorema de Pitágoras, Bhagat abrange todos os fundamentos científicos com um olhar alegre para os nomes dos homens e mulheres que moldaram o mundo em que vivemos hoje.




O artista usa a famosa história de Isaac Newton ao observar uma maçã cair de uma árvore, o que o inspirou para desenvolver sua teoria da gravitação, para produzir um visual minimalista em nome do físico com o “o” em vermelho na parte inferior do quadro, imitando uma maçã caída. 


De forma semelhante e inteligente, Bhagat usa E de Albert Einstein = mc2 fórmula para substituir logicamente o “E” no próprio nome do físico teórico com mc2.










A seleção de cópias desta série podem ser adquiridos através da loja de Bhagat em Society6.